Projeto Escrevivendo

Blog de Samia Schiller -- abril 2011 Arquivo (3)

Carta de Clarice Lispector para Andréa Azulay

A Andrea Azulay

 

Rio, 7 de julho de 1974

 

Andréa de Azulay que é minha filha espiritual:

 

Você sabe muita coisa, minha colega. Mas de qualquer jeito vou lhe dar umas dicas para a vida e outras para escrever.

       Sugestões de vida:

       - Você sabe se espreguiçar? É tão bom. Quando você se sentir cansadinha (você nunca se sente cansada porque é uma borboleta alegre) ou quando quiser sentir uma coisa boa para o seu corpinho, então…

Continuar

Adicionado por Samia Schiller em 21 abril 2011 às 9:09 — 2 Comentários

Carta Inventada por Caio Fernando Abreu

SEÇÃO DE CARTAS DO LEITOR DO NÚMERO 0 DA "VEJA"

 

        Meu Deus, onde vamos parar com toda esta imoralidade nos palcos brasileiros? Domingo passado fui levar minha netinha para assistir a uma peça infantil e eis que encontro uma fadinha lésbica às voltas com um porquinho pederasta e uma vaquinha onanista. Tudo isso vai frontalmente contra os tradicionais princípios de moral que regem as sagradas instituições do lar brasileiro. Em nome da inocência de minha netinha e de todas…

Continuar

Adicionado por Samia Schiller em 3 abril 2011 às 11:55 — Sem comentários

Carta do livro Nunca te vi, sempre te amei

11 de maio de 1952

Prezado Frank:

Pretendia escrever-lhe no dia em que o Pescador chegou, só para agradecer-lhe, as xilogravuras por si valem dez vezes o preço do livro. Que mundo esquisito o nosso: a gente pode ser dona a vida inteira de uma coisa tão bonita - pelo preço de uma entrada num cinemão da Broadway, ou 1/50 do custo de uma obturação dentária.

Ora, se os seus livros custassem o que valem, eu não poderia comprá-los!

Você há de ficar fascinado ao saber…

Continuar

Adicionado por Samia Schiller em 3 abril 2011 às 11:45 — 2 Comentários

© 2020   Criado por Karen Kipnis.   Ativado por

Relatar um incidente  |  Termos de serviço