Projeto Escrevivendo

Jéssica Carvalho
  • Feminino
  • Carapicuíba, São Paulo
  • Brasil
  • Mensagens de blog
  • Tópicos
  • Eventos
  • Grupos
  • Fotos (2)
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de Jéssica Carvalho

  • Kellen Natsumi Uehara

Presentes recebidos

Presente

Jéssica Carvalho ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de Jéssica Carvalho

Últimas atividades

Jéssica Carvalho e Kellen Natsumi Uehara agora são amigos
14 Set, 2011
Kellen Natsumi Uehara comentou a foto de Jéssica Carvalho
Miniatura

Tchurma

"Nuoooossa! Quanto tempo!"
30 Jun, 2010
Karen Kipnis comentou a foto de Jéssica Carvalho
Miniatura

Tchurma

"Mama mia! Que doce lembrança, Jéssica. Apareça em agosto, na Casa da das Rosas ( sábados de manhã), ou na Biblioteca de São Paulo, às terças-feiras das 19h às 21.saudades,KK"
30 Jun, 2010
Jéssica Carvalho postou fotos
30 Jun, 2010
Jéssica Carvalho atualizaram seus perfis
22 Jan, 2010
Karen Kipnis deixou um comentário para Jéssica Carvalho
"Oi, Jéssica! Estou feliz que esteja por perto novamente! O que está achando? BeijoKK"
22 Out, 2009
Jéssica Carvalho é agora um membro de Projeto Escrevivendo
22 Out, 2009

Vestibular, Frag-nhecimentos, Andorinha baleada

Uma escrevivente afastada de oficinas, mas que guarda no coração o amor e o saber pela escrita.

Texto do meu blog http://olhardasofia.blogspot.com, visitem.

[Ao som de um certo Baleiro>>> "Uma andorinha baleada na asa, uma matadora de aluguel assassinando a própria fome (velha fome de existência que seja mais que existir), cacos velhos..."]

INVOCAÇÃO: Parta ideia fixa, pra bem longe daqui, de mim, das minhas conexões e entranhas, entupindo minha carótida . Guardei-te hoje numa caixa sonho mau, e não quero vê-lo até que a coragem de dominá-lo por completo possa surgir novamente, até que eu possa reconduzi-lo às minhas rédeas.
Sinto gosto amargo de raiva por andar tanto pra não chegar a lugar nenhum. Aliás, chegar aqui, um lugar sem placa que me indique onde estou, cheio de novas entradas, caminhos e labirintos. Não tenho mapa. A vida não tem mapa algum, sequer um manual de instruções.

[Ao som de um rock, 'Legio Urban Omnia Vincit' >>> "Andando nas ruas, pensei que pudia ouvir, alguém me chamando, dizendo o meu nome.Já estou cheia de me sentir vazia, meu corpo é quente e estou sentindo frio"]

Passei tanto tempo agarrada à fragmentos, segurando firme um monte deles entre os meus braços, com medo de soltá-los, derrubá-los no chão. Cada caquinho que aprendia, apreendia comigo, entre os meus braços... Fui com eles ao vestibular, duas vezes fui com eles, pra mostrar que tinha muito caquinho à oferecer, querendo provar que só o meu trabalho de juntá-los já valia uma vaga.

Pois é, meus caquinhos, de tanto estarem em meus braços, por tanto tempo, se molharam com a chuva que chega para lavar o que está sujo, para renovar o que precisa de energia. Água que molhou, fez todos escorrerem. O mundo vai acabar em água. Água amolece pra que as coisas possam ser remodeladas, unidas. Talves esse aguaçeiro una, enfim, o que nunca fiz - unir meus cacos, meus "frag-nhecimentos." Foi tudo como castelo de cartas que desmoronou com essa chuva.

"Tudo o que sei é que nada sei" - Sócrates sempre tem razão. Hoje só o que preciso é não saber o que vou ser. Preciso é desembaraçar o espelho e ver quem sou agora. Preciso libertar poemas presos, chorar milágrimas, e depois, bem depois, recomeçar meu caminho.

Fotos de Jéssica Carvalho

Caixa de Recados (1 comentário)

Você precisa ser um membro de Projeto Escrevivendo para adicionar comentários!

Entrar em Projeto Escrevivendo

Às 20:16 em 22 outubro 2009, Karen Kipnis disse...
Oi, Jéssica! Estou feliz que esteja por perto novamente!
O que está achando?
BeijoKK
 
 
 

© 2021   Criado por Karen Kipnis.   Ativado por

Relatar um incidente  |  Termos de serviço