Projeto Escrevivendo

 

 Em mais um sábado ensolarado, a oficina de férias teve continuidade na Av. Paulista. O exercício proposto foi o da escrita de um texto apresentando a mais paulista das avenidas, com dicas de onde ir, comprar, comer, etc. Sugeri a produção de um texto mais jornalístico, uma matéria, trabalhando com o que os 'escreviventes' intuem por este tipo de discurso. Outra possibilidade de exercício foi a de descrever um local turístico para que os demais descobrissem o lugar descrito pelo autor. Futuramente, postaremos, neste site, os textos relidos e reescritos para blogagem.

 

Depois da roda de leitura dos textos produzidos na Casa das Rosas, apresentei uma matéria jornalística de Silvio Cioffi, editor do caderno "Turismo" do jornal Folha de São Paulo (09/12/2010):

http://www1.folha.uol.com.br/turismo/842820-avenida-paulista-faz-pa...

 

 Na ocasião, comentamos como o autor acaba refletido em sua escrita, observando que Rubens, o professor de geografia, ateve-se mais a informações históricas sobre marcos da Av. Paulista ( parques, esculturas, etc.), outros destacaram as salas de cinema, o MASP e ainda o Metrô. No texto do jornalista da Folha, fica claro o destaque dado, pelo autor, a informações gastronômicas dos arredores da Av. Paulista.

 

Ilustrando de forma belíssima este encontro, circulou, entre os presentes, o premiado livro " Av. Paulista", de Carla Caffé. Este livro-imagem ( Casa das Rosas, MASP, Ed. Paulicéia e Conjunto Nacional, por exemplo) faz parte da coleção Ópera Urbana, editado pelo SESC/ SP e pela Cosac Naify e foi lançado em 2009.

http://www.google.com.br/imgres?imgurl=http://editora.cosacnaify.co...

 

 

 

 

 

 

 

Exibições: 30

Tags: Av.Paulista, Escrevivendo, Projeto, escrita, leitura, oficina, turismo

Comentar

Você precisa ser um membro de Projeto Escrevivendo para adicionar comentários!

Entrar em Projeto Escrevivendo

Comentário de Indra Barrios Lasso em 7 fevereiro 2011 às 13:19
Pois é.  Tantas personalidades.  Eu fui na exposição do Pessoa no Museu da Língua e fiquei emocionada com o brilhantismo desse gênio!  Teve uma hora que fiquei até com medo.  hahahahah  Mas é assim mesmo.  Melhor ser plural....como o Universo!
Comentário de Karen Kipnis em 7 fevereiro 2011 às 0:01
Indra: Alberto Caeiro, Ricardo Reis, Álvaro de Campos, Bernardo Soares são heterônimos de Pessoa, "plural como o universo", mas existem outras personalidades literárias criadas pelo poeta: Charles Robert Anon, Alexander Search, Joaquim Moura Costa, Vicente Guedes, Antônio Mora, Raphael Baldaya, Barão de Teire ( prosador suicida!!), Maria José, Gaudêncio Nabos. Todos estiveram na bela exposição do Museu da Língua Portuguesa.
Comentário de Indra Barrios Lasso em 6 fevereiro 2011 às 21:52

Karen, essa intervenção do autor no texto é inevitável, não é?  Mesmo jornalístico, o autor sempre deixa escapar o seu eu no que escreve.  Fico imaginando quantos "eus" tinha o Fernando Pessoa! :)  Obrigada!

© 2021   Criado por Karen Kipnis.   Ativado por

Relatar um incidente  |  Termos de serviço