Projeto Escrevivendo

"Querida mãe, poço de bondade" Por Danielle Rodrigues

 

 
Trago notícias de seus filhos
O Cidadão anda cercado por vampiros
De sangue velho
Sugando de canudinho
Até o último tostão,
As riquezas da sua filha Natureza.
Sua caçula a Esperança
 Essa busca no espelho
O reflexo de um Deus sem rosto.
Pensei em ti...
Tentei até cantar
E o que senti foram lágrimas a escorrer,
Ao lembrar-se daquela nuvem fria que chegou
Seus olhos negros de frescor,
Dentes brilhantes como ouro
Agora são apenas lembranças
Da inocência roubada
Rumo ao futuro cego
Onde o provável caminho
Não passe de o cíclico passar das horas.
 
 

 

Exibições: 34

Tags: canções, escrevivendo, escrita, leitura, oficina

Comentar

Você precisa ser um membro de Projeto Escrevivendo para adicionar comentários!

Entrar em Projeto Escrevivendo

© 2021   Criado por Karen Kipnis.   Ativado por

Relatar um incidente  |  Termos de serviço