Projeto Escrevivendo

Queridos escreviventes,

 

a partir de algumas leituras do Escrevivendo Poesia (vocês podem acompanhá-las lá no blog) surgiu uma questão: por que a poesia? por que o verso, e não a prosa? Isso, se tratando de poemas que, em forma fixa ou livre, possuem uma linguagem coloquial, geralmente associada à prosa.

 

A questão que se coloca: seriam, estes poemas (ver: "Até segunda ordem", de Paulo Henriques Britto; "Primeira Lição", de Ana Cristina Cesar e "Curriculum Vitae, de Wislawa Szymborska), a mesma coisa, se em verso?

 

Por que eles são poemas?

 

Dei meu testemunho lá no blog. Também lá, a colocação da Bruna. Agora, faltam vocês.

 

beijos,

f.

Exibições: 64

Responder esta

Respostas a este tópico

A poesia nos deixa mostrar quem somos integralmente, o herói e o oprimido. Não exige preocupação formal desde
os modernista, e torna-se assim instrumento de arte acessível a todas inteligencias.
ô Leandro, que bom que você resolveu se manifestar por aqui, estava mesmo me sentindo sozinha na discussão. Sim, a quebra de padrões do modernismo brasileiro tem a ver com a possibilidade de explorar a forma fora da norma, fora dos padrões e convenções. No entanto, ainda existe a escrita em versos - sejam eles livres ou fixos. A nossa discussão começou com uma oposição do verso à prosa - e não da forma fixa à livre. Se você for lá ver os poemas, vai ver que eles tem uma linguagem muito próxima da conversa e daquilo que consideramos, tradicionalmente, como pertencente à prosa, e não à poesia. Então, a discussão era: por que eles são em versos e, ainda mais, o que eles dizem sobre a própria poesia.
Quanto ao teu comentário de que "a poesia nos deixa mostrar quem somos integralmente", temos discutido isso na oficina também. Se a poesia é apenas expressão do "eu", da subjetividade de um "autor", ou se ela, para ser poesia, cria uma voz narrativa que se distancia de um eu particular (no sentido de uma identificação entre eu-lírico e autor) para inventar sujeitos que podem, inclusive, afirmar a morte do autor e do poema. Acho que você pode se interessar pelos poemas que temos lido, dá um pulinho lá no blog pra ver, e depois me conta o que achou, ok?
beijo,
f.

Leandro Souza disse:
A poesia nos deixa mostrar quem somos integralmente, o herói e o oprimido. Não exige preocupação formal desde
os modernista, e torna-se assim instrumento de arte acessível a todas inteligencias.

Responder à discussão

RSS

© 2018   Criado por Karen Kipnis.   Ativado por

Relatar um incidente  |  Termos de serviço