Projeto Escrevivendo

Carta Inventada por Caio Fernando Abreu

SEÇÃO DE CARTAS DO LEITOR DO NÚMERO 0 DA "VEJA"

 

        Meu Deus, onde vamos parar com toda esta imoralidade nos palcos brasileiros? Domingo passado fui levar minha netinha para assistir a uma peça infantil e eis que encontro uma fadinha lésbica às voltas com um porquinho pederasta e uma vaquinha onanista. Tudo isso vai frontalmente contra os tradicionais princípios de moral que regem as sagradas instituições do lar brasileiro. Em nome da inocência de minha netinha e de todas as avós deste meu querido Brasil, clamo indignada contra isso.

 

(trecho do livro "Para sempre teu, Caio F. escrito por  Paula Dip)

Exibições: 46

Comentar

Você precisa ser um membro de Projeto Escrevivendo para adicionar comentários!

Entrar em Projeto Escrevivendo

© 2020   Criado por Karen Kipnis.   Ativado por

Relatar um incidente  |  Termos de serviço