Projeto Escrevivendo

NOSSAS LETRAS - VII Encontro do módulo CRÔNICAS SOBRE SÃO PAULO

Nossas letras- SESC Belenzinho

Crônicas sobre a cidade de São Paulo

Por Erica Franco e Renata Guerra

Coord. Karen Kahn

 

Encontro 7 - Crônicas de São Paulo - Nossas Letras.

Por Erica Franco

 

Começamos o encontro com poucos participantes pois, naquele dia, houve algum problema na Radial Leste, e isso atrasou a chegada dos oriundos da Zona Leste, a maioria.

Este encontro foi dedicado à leitura e à correção compartilhadas da primeira versão das segundas produções de crônicas, sob o tema ‘a cidade no tempo’. Cinco delas foram lidas; e os demais entregaram durante a semana e foram lidas conjuntamente, com os demais colegas, no oitavo encontro.

Como, no sexto encontro, mencionamos que a crônica é um gênero que é bem aderente aos demais, foi interessante ver como os participantes aproveitaram isto bem em suas crônicas. Segue aqui uma análise das crônicas lidas neste encontro e que enviamos por e-mail para os participantes:

“A Maria Cecília usufruiu bem o gênero jornalístico para mostrar como o tempo foi alterando o espaço, o tema de sua crônica é o bairro do Tatuapé. Então, para falar do passado dele, ela usou relato de antigos moradores, o que lembra um pouco reportagem,  e para falar como está o bairro atualmente, ela usou a descrição, lembrando notícias da parte de cotidiano do jornal. Ficou bem interessante esse jogo entre reportagem e notícia para contar um pouco sobre a história do bairro.

A Grasiele escreveu uma crônica mais memorialística, organizou, no texto, o presente e passado, comparando como era o comércio da Rua Anita Garibaldi na sua infância com o atual. Mesmo tendo um tom  pessoal e poético, ela faz a gente pensar o quanto essa alteração no tipo de comércio é um reflexo de uma mudança, ao longo do tempo, na sociedade como um todo.

A Fabíola também fez uma crônica com tom mais pessoal e memorial. E mostra para o leitor como, ao longo do tempo, o sentimento que ela tinha por São Paulo foi mudando; é mais uma mudança no tempo psicológico, o que também ficou bem interessante.

As crônicas do Danilo e da Maiara são tramas, tem enredo, nó e desenlace. São ações, o tempo da narrativa deles é curto, trata de um acontecimento. Elas ficaram muito lindas, super bem escritas,  mas convidamos vocês dois a tentarem incluir na narrativa de vocês esse diálogo com o passado e o presente da cidade. “

 

 

 

 

 

 

 

 

Exibições: 16

Tags: Erica, Franco, Guerra, Karen, Kipnis, Letras, Nossas, Renata, SESC, belenzinho, Mais...crônicas, escrita, leitura, oficina

Comentar

Você precisa ser um membro de Projeto Escrevivendo para adicionar comentários!

Entrar em Projeto Escrevivendo

© 2019   Criado por Karen Kipnis.   Ativado por

Relatar um incidente  |  Termos de serviço