Projeto Escrevivendo

Texto de Sandra Schamas: As flores e o mar...

Hoje acordei com a lembrança de meu pai, como se uma saudade antiga tivesse sido aplacada, como se eu estivesse cheia dos mimos e afetos da minha infância. O sonho, às vezes, faz isso, busca lá no fundo uma cena do inconsciente e traz à tona sensações.
É uma festa de família, algo importante, muitos convidados, um salão imponente de frente para o mar. Flores frescas, talheres de prata, guardanapos de linho, a responsabilidade toda minha.  Aguardo os convidados que nunca chegam, duas horas de atraso, ou mais. Aflita, vejo que o salão é grande, poucos virão, um desperdício. Vou até a porta ver o que acontece e noto que no salão ao lado há outra festa, de uma ramo da minha família que cresceu demais para se juntar ao da primeira festa. Esse salão fica mais embaixo, tenho que descer uma escada forrada de veludo vermelho, passo entre véus e cortinas leves, encontro meus primos que não vejo há anos e a mãe de todos, a avó e bisavó, irmã de meu pai.
Volto ao primeiro salão e corro abraçar meu pai que chega de terno e todo sorrisos. Vivos, mortos e crianças interagem, há muitos lugares vazios. De repente, as flores desaparecem, só fica o mar. Digo ao meu pai que a irmã dele está numa festa ao lado e vamos juntos para lá. Eles se encontram, se beijam e meu pai confessa que não gosta da sobrinha mais velha. A mesma que em vida ele sempre paparicou... eu adoreva minhas tias, eram velhas e engraçadas...
A festa cuja responsabilidade é minha não dá muito certo, foi muito gasto para pouco proveito. A festa ao lado é menor, mas está mais animada e fico feliz por ter meu pai comigo, como se nunca tivesse saído de perto de mim.
O sonho não tem desfecho, como todos os sonhos meus. Sento na cama, esfrego os olhos e recordo cada detalhe. Não preciso tentar entender, está explicado. As famílias são laboratórios, há brigas, desafetos, ciúmes, rivalidades, mas o sangue é mais grosso que a água. As pessoas se amam e o amor transcende o inconsciente, o sonho, a vida e a morte.

Exibições: 43

Tags: escrevivendo, escrita, leitura, oficina, sonhos

Comentar

Você precisa ser um membro de Projeto Escrevivendo para adicionar comentários!

Entrar em Projeto Escrevivendo

© 2021   Criado por Karen Kipnis.   Ativado por

Relatar um incidente  |  Termos de serviço